Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



29 . NOV . 2015

30.11.15

LISBOA / AZAMBUJA / MUGE / CORUCHE / CANHA / MOITA / CORROIOS

dia 29.jpg

Os dias começam a ficar significativamente mais pequenos, e eis que o Chefe de Fila anuncia o fim da época 2015. A partir daqui, os passeios serão um pouco mais curtos, mas nem por isso menos duros. Assim, para fechar a temporada em beleza, fomos brindados com um grande passeio apelidado de "Três Distritos".

Apesar de ser um passeio especial, só três elementos se prontificaram a comparecer, os mesmos de sempre.
Ás 9h, Durão e André partem de Roma Areeiro em direcção à zona da Expo onde já se encontrava à espera o grande Tavares. Com o trio maravilha reunido, foi hora de dar inicio ao passeio. Ritmo bastante calmo, com os três elementos divertidos e a desfrutar do bom tempo deste domingo.
Tirando uma ou outra situação, o ritmo foi sempre tranquilo, e na chegada a Coruche fizeram uma pequena paragem para apreciar a paisagem do rio Sorraia. Continuação da viagem, e poucos Km após nova paragem, desta vez na Malhada Alta, para abastecimento, onde se comeu uma das melhores sandes de presunto.
Até aqui a velocidade média da viagem estava em 27km/h, mas com o deposito cheio, o trio resolver aumentar o ritmo, rodando à vez pela frente, aumentando assim bastante a velocidade final.
Em Palhais, Tavares despede-se e segue para casa, e Durão e André seguem para o brinde, como sempre no Casal do Marco.
 
O passeio concluiu-se com 189km, acumulado de 900mts e média de 29km/h.
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
António Tavares
 

18450005.JPG

18460010.JPG

19120030.JPG

20580047.JPG

21430054.JPG

00180002.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

28 . NOV . 2015

30.11.15

CORROIOS / PALMELA / POCEIRÃO / AGUALVA / PALMELA / AZEITÃO / COINA / CORROIOS

dia 28.jpg

Para hoje, tínhamos a nossa conhecida Mini Volta Saloia pela Margem Sul, na versão Rédea Curta, tivemos também a nossa 1ª Volta em Horário de Inverno, com partida as 9h30m. Horário esse que se vai manter nos próximos meses de frio.

Às 9h30, Luís Durão parte do sítio de sempre mas Silvério Correia nem vê-lo, talvez fosse tarde para ele, ou então tinha o Homem da TV CABO ou o mais provável era ter familiares para almoçar… avancemos que já temos a escola toda.

Pedro Matias parte do Barreiro em direcção a Coina, mas como o grupo ainda não estava seguiu até ao próximo apeadeiro no Casal do Marco, onde esperou pelo grupo. Entretanto Paulo Silva passou por este e tinha em mente ir buscar o Chefe a “casa”… de seguida Luís Durão, Joaquim Morais e Paulo Inocêncio aparecem no apeadeiro… claro que o Paulo não vinha, tinha-se desencontrado do grupo. E lá tivemos que esperar pelo homem.

Grupeto reunido e foi hora de começar a rolar, a temperatura ainda se apresentava baixa, mas nada que os Homens do LongoCurso não estejam habituados.

O grupo rolou sempre de forma compacta e em ritmo certo, sendo Matias desta vez nomeado o “Homem do Elástico”, levando o grupo uma velocidade acessível a todos, não deixando ninguém para trás, como é o nosso LEMA.

No regresso, na passagem pela Quinta do Conde, a Dupla de Paulo’s segue o caminho da sua casa, os outros 3 elementos seguem até Coina para o merecido brinde.

 

O passeio concluiu-se com 120km, acumulado de 730m e média de 27 km/h

 

EQUIPA

Luís Durão

Joaquim Morais

Pedro Matias

Paulo Silva

 

CONVIDADO

Paulo Inocêncio

FILE1844.JPG

FILE1846.JPG

FILE1849.JPG

FILE1854.JPG

FILE1860.JPG

FILE1861.JPG

FILE1865.JPG

FILE1872.JPG

FILE1875.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22 . NOV . 2015

23.11.15

CORROIOS / MONTIJO / RIO FRIO / POCEIRÃO/ VALE DE ANA GOMES / PALMELA / COINA / CORROIOS

Sem Título.jpg

Para este passeio, estava previsto a participação de 5 elementos do grupo LongoCurso e 2 convidados. 

Ás 8:30, antes da partida, Durão informa que à última da hora o grupo ficou bastante reduzido, Dulce teve um problema de saúde, e Morais achou que estava muito frio para sair à rua. Os dois convidados optaram por fazer a sua volta de BTT.
Assim, Durão e André partem de Corroios juntamente com os TGV, mas em Coina despedem-se e viram em direcção a Palhais, onde logo avistam Tavares. Estavam assim reunidos os 3 magníficos para a volta deste dia. 
Como havia previsão de chuva para as 12h, o trio resolveu encurtar a volta em cerca de 30km, na tentativa de chegarem a casa secos.
Apesar de estar sol, o frio de Novembro já se fez sentir, mas o pior foi o vento que estava fortíssimo, mas o bom entendimento e empenho dos três elementos levou a melhor, fazendo uma grande volta e um bom treino.
Desta vez não se parou em Coina, uma vez que o céu começava a ficar cinzento, aqui despedida de Tavares e André e Durão seguiram até Casa, fazendo o brinde em Sta Marta.   
 
O passeio concluiu-se com 117km, acumulado de 630mt e velocidade média de 29.6km/h.
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes 
António Tavares 
 

18010008.JPG

18020012.JPG

18030017.JPG

20510039.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15 . NOV . 2015

17.11.15

LISBOA / SACAVEM / SANTAREM / ALPIARÇA / CHAMUSCA / CONSTÂNCIA / CASTELO DE BODE / TOMAR

Sem Título.png

Às 8 horas, Durão e André saem na estação Roma Areiro, e após as primeiras pedaladas encontram o convidado Bruno. O trio segue até à zona da Expo, como sempre em ritmo calmo, e à chegada avistam Tavares já a fazer o aquecimento.

Com a equipa completa, foi altura de seguir viagem, em direcção a Vila Franca, com todos os elementos a trabalhar em prol do grupo.
Por volta do km 70, Bruno, que está habituado a ritmos menores, começa a demonstrar algum cansaço, o grupo reduz assim um pouco o andamento, e apenas os três elementos do Longo Curso passam pela frente.
Em Alpiarça, paragem para café e abastecimento liquido.
O grupo segue em direcção à Chamusca e posteriormente chegam a Constância, a partir daqui o grupo percorreu uma calma e linda estrada a par do rio Zêzere, até chegar à barragem de Castelo do Bode.
Depois até ao destino final, foi só rolar a bom ritmo, uma vez que o terreno assim o permitia.   
Chegados a Tomar, por volta das 13:30, o grupo pára num café para almoçar, uma vez que ainda faltavam quase 2 horas para o comboio de regresso.
 
O passeio concluiu-se com 149km, acumulado de 1070mt e média final de 28.6km/h.
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
António Tavares
 
CONVIDADO
Bruno Antunes

17410003.JPG

17410005.JPG

17410007.JPG

17420009.JPG

18140013.JPG

18140014.JPG

18140015.JPG

18590017.JPG

18590019.JPG

19000024.JPG

20520031.JPG

21280048.JPG

22100051.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14 . NOV . 2015

17.11.15

CAMPOLIDE / ALCANTÂRA / GUINCHO / COLARES / SINTRA / LINHÓ / ESTORIL / CAMPOLIDE

Sem Título.png

 Para o dia de hoje, tínhamos a chamada Volta Turística por Sintra, com direito a Travesseiro e tudo, por isso, Pedro Matias embarca num Cruzeiro pelo Tejo até Lisboa enquanto Luís Durão, Silvério Correia (há muito desaparecido) e o convidado Vasco Lopes apanham o comboio na Margem Sul em direcção a Capital.

Às 8:30 dá-se o encontro dos 4 elementos em Alcântara, e lá seguimos a nossa rota. No entanto, o nosso Chefe-de-Fila avisa-mos que tinha uma surpresa, e eis que na passagem por Belém se encontra a nossa convidada especial, a Isabel.

A Isabel estava em frente ao Padrão dos Descobrimentos, de onde os portugueses tinham partido para descobrir as Terras de Vera Cruz, e foi aí que esta descobriu o LongoCurso. Feitas as apresentações e dados dois dedos de conversa, foi hora de voltar à estrada.

O pelotão rolou sempre compacto e a ritmo certo, permitindo assim uma boa volta turística.

A 1º subida (Guinho) foi comanda pelo amigo Silvério, o homem andava com sede para subir, e até voltou a descer para ir buscar o seu companheiro Vasco. O grupeto agrupou até a próxima subida (Sintra) onde a entreajuda foi fundamental para levar o grupo a bom-porto.

O abastecimento “turístico” foi feito na “Casa do Preto”, acompanhado por cafézinhos, "abatanados" e Travesseiros… e imaginem quem pagou!?! Sim, foi o amigo Silvério, acho que para o próximo ano volta a pagar algo de novo…

De seguida, descemos até à marginal de cascais, onde em grande parte da marginal o companheiro Silvério deu o peito ás balas, afinal tinha pressa para chegar a casa, tinha visitas, como sempre. 

Em Alcântara despedimos da nossa convidada, e os restantes elementos seguiram para o respectivo Brinde, no Restaurante “Palácio”.

 

O passeio conclui-se com 100km com um acumulado de 860m e média final de 27km/h.

 

EQUIPA

Silvério Correia

Luís Durão

Pedro Matias

 

CONVIDADOS

Isabel Faveret

Vasco Lopes

FILE1736.JPG

FILE1737.JPG

FILE1747.JPG

FILE1751.JPG

FILE1732.JPG

FILE1781.JPG

12240049_910905392280647_7207121798651586026_n.jpg

12247187_910905605613959_825645917703465209_n.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

08 . NOV . 2015

09.11.15

CORROIOS / SETUBAL / TROIA / PORTIMÃO

Sem Título.jpg

Para este Domingo solarengo, tivemos um passeio um pouco diferente do habitual, pois fomos convidados pelo CCA (Clube de Ciclismo de Almada) a participar num passeio por eles organizado. 

Surpreendentemente, este longo passeio teve uma grande adesão por parte dos membros do LongoCurso, pois 7 elementos fizeram questão de marcar presença.
Assim, ás 7h Alfredo e Pedro (membros do CCA) partem de Almada juntamente com a carrinha de apoio. Na passagem por Corroios, Durão, Valera e André juntam-se à Dupla. Dulce que também estava em Corroios à espera, seguiu de carro até Setúbal. 
Na passagem pelo Casal do Marco, Morais, Matias e Tavares Juntam-se ao grupo, e todos seguem em ritmo calmo até Setúbal. 
Aqui, o grupo apanha o Ferry para Tróia, mas antes de embarcar, são surpreendidos pela presença de Paulo Silva, que lá estava de serviço, e aproveitou para cumprimentar e desejar um bom passeio a todos.
Desembarque em Tróia e continuação da viagem, aqui já com a presença da grande Dulce, que neste passeio veio acompanhada do seu namorado Pedro, que tirou excelentes fotografias ao longo do percurso, desde já, aqui deixamos um agradecimento e os nossos parabéns.
O Grupo seguiu rumo a Sul, a ritmo constante, com vários elementos a passar na frente, para ajudar na difícil tarefa de vencer o vento, que desta vez soprava de Sul. 
Dario (o Condutor da carrinha do CCA) também fez um grande trabalho no apoio de todos os atletas, não deixando que lhes faltasse nada. 
Em Sines, curta paragem para abastecimento, onde o grupo é surpreendido pelas saborosas Tortas de Azeitão. Aqui, Dulce revelou que não estava nos seus melhores dias, quase um mês sem treinar faz estragos, e não sabia se ia conseguir terminar esta longa viagem.
O grupo seguiu viagem, mas por volta do km 140, em Almograve, recebem com tristeza a noticia que Dulce decide parar por ali. Com certeza não vão faltar oportunidades de terminar este percurso.
Agora, alguns elementos tentam aumentar um pouco o ritmo, mas nem todos estavam de acordo e formam-se dois grupos. Na frente segue Durão, Morais e André. Em poucos kms o trio já levava cerca de 5 minutos de avanço, e é então que Tavares decide fazer um contra relógio, para se juntar ao grupo mais adiantado. Tavares consegue juntar-se ao grupo da frente, mas este esforço extra iria deixar marcas.
Os 4 elementos mais adiantados rolam alguns kms juntos, até que, resolvem parar e esperar para o grupo voltar a reunir. Grupo reunido, chega a carrinha de apoio e Tavares e Morais aproveitam para fazer um abastecimento liquido. Mas os poucos minutos que levaram a abastecer, foi suficiente para o grupo se adiantar bastante, tendo estes de fazer novo contra relógio atrás da carrinha para os apanhar.
Quando o grupo já ia um pouco fragmentado devido a uma zona de sobe e desce, começa-se a avistar um bando de aves necrófagas a voar em círculos. Será que havia mortos? Pois é, os animais não se enganam, o nosso companheiro Morais não ia muito bem, e decidiu parar e entrar no carro de apoio. Alguns km mais à frente, Tavares fica com cãibras muito fortes sendo assim obrigado a desistir também.
A partir daqui formou-se novamente um trio na frente onde seguiam Durão, André e Pedro, o chamado homem do TGV, mais para trás ia a dupla Matias e Alfredo, e ainda mais distante seguia Valera, que mesmo sendo incentivado a desistir pelos companheiros que seguiam no carro de apoio, esforçou-se ao máximo para honrar a camisola que levava vestida.  
O trio da frente seguia em bom ritmo, até que, a poucos km do destino final, numa ligeira subida, o homem do TGV perde as forças ficando para trás. Durão e André, o elemento mais velho e o mais novo, são assim os primeiros a chegar a Lagos, aqui decidem novamente esperar para que todo o grupo se reúna.
Após alguns minutos de espera, e já com o grupo reunido, foi altura de fazer os 17km finais até à Decathlon de Portimão e dar como terminada esta missão.
Após o banho, todo o grupo seguiu novamente até à Decathlon para a foto de grupo, e depois para o tão aguardado jantar. Jantar esse que contou com a habitual animação do chefe de fila, Luís Durão, que levou toda a boa disposição de um jantar bem regado para a carrinha na viagem de regresso. 
Já na Autoestrada, a carrinha do CCA ainda nos pregou uns sustos, mas com calma e paciência conseguiu levar-nos ao nosso destino.
Fica assim, um pequeno resumo de um grande passeio, que certamente ficará na memória de todos. 
 
O passeio concluiu-se com 247km, acumulado de 1900mts e média de 27.7km/h.
 
EQUIPA
Dulce Camões
Luís Durão
André Fernandes
Pedro Matias
Luís Morais
António Tavares
Jorge Valera
 
MEMBROS CCA
Alfredo
Pedro

 

IMG_0010.jpg

DSCF2148.JPG

 

IMG_0059.jpg

 DSCF2177.JPG

DSCF2181.JPG

DSCF2194.JPG

 

IMG_0037.jpg

DSCF2229.JPG

DSCF2234.JPG

DSCF2236.JPG

DSCF2237.JPG

DSCF2238.JPG

DSCF2246.JPG

 

IMG_0076.jpg

IMG_0081.jpg

IMG_0092.jpg

IMG_0098.jpg

IMG_0130.jpg

IMG_0236.jpg

 DSCF2256.JPG

 

SAM_2536.JPG

SAM_2537.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

07 . NOV . 2015

09.11.15
CORROIOS / AZEITÃO / QUINTA DO ANJO / ALCOCHETE / MONTIJO / MOITA / PALHAIS / COINA / CORROIOS

Passeio 7_11_2015.PNG

 

 
Para este passeio, apresentaram-se apenas três elementos, Luís Durão, Joaquim Morais e Rui Cabrita. Como sempre, iriam fazer o percurso previamente combinado, mas uma vez que eram poucos elementos, Durão convidou mais alguns companheiros, que mesmo tendo concordado com o que estava delineado, foram fazendo pequenas alterações. 
Assim, Luís Durão sai de Corroios às 8.30 com os convidados, no Casal do Marco apanham Luís Morais e na passagem por Coina junta-se Rui Cabrita. São explicadas as alterações que queriam fazer ao percurso, e como democráticos que somos, achamos por bem concordar, ainda por cima estávamos em minoria. Mas, com o passar dos km houve uma enorme desorganização, e o pior foi que concordamos com isto, ou seja nunca se sabia para onde íamos.
Pode-se concluir que, ou fazem o nosso ou não vale a pena alterar, porque sai sempre asneira, infelizmente nestas coisas temos que ser democráticos.
 

O passeio concluiu-se com 113 km, média de 27,5 km/h e 543 m de acumulado.

EQUIPA

Rui Cabrita

Luís Durão

Joaquim Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

31 . OUT . 2015

03.11.15

CORROIOS / MOITA / ATALAIA / CANHA / AGUAS DE MOURA / POCEIRÃO / RIO FRIO / MOITA / COINA / CORROIOS 

Sem Título.jpg

Após três semanas sem nos fazer a estrada, devido às más condições climatérica, foi dia de passear e tirar o pó ás nossas queridas Bikes. O São Pedro deu-nos também uma boa oportunidade de testar as pernas para o passeio do próximo Fim de Semana. 
Mesmo com o frio e o pouco Sol, às 8h Luís Durão e Dulce Camões partem de Corroios rumo ao encontro dos restantes elementos.
Pedro Matias e Joaquim Morais, estavam já no Casal do Marco à espera da Dupla. Só faltava o Paulo Silva, que estava em Coina, talvez à procura de um abrigo como nós, uma vez caiu uma valente carga de água, e tivemos que recolher na Bomba da Cepsa. Chuva passada e foi hora de seguir a marcha.
A caminho de Canha, em tom de brincadeira o nosso companheiro Morais disse "não podemos virar já à esquerda, em direção a casa", todos rimos e seguimos o caminho que estava traçado.
Com o decorrer dos kms as pernas começaram a acusar algum cansaço e todos concluímos que esta longa paragem tinha feito estragos, o que nos levou a encurtar o percurso.
O grupo desta vez andou mais devagar, não só nos primeiros kms para aquecer as pernas, mas até ao fim a velocidade teve que ser acessível a todos, fazendo com que andássemos unidos sem deixar ninguém para trás, como é o nosso lema.
Para ser possível fazermos o brinde todos juntos, desta vez este foi no Cabeço Verde, onde Paulo Silva aproveita para se despedir. Mais à frente, em Santo António da Charneca, Matias faz o mesmo, seguindo os restantes elementos até ao Casal do Marco com nova paragem na "TASCA TOSCA" local de paragem obrigatória, onde houve lugar a mais um brinde, depois até casa sem stresss.

 

O passeio concluiu-se com 150km, com média de 27 km/h e 740m de acumulado.

EQUIPA
Dulce Camões
Luís Durão
Joaquim Morais

Pedro Matias

Paulo Silva

Image-3.jpg

Image-4.jpg

Image-5.jpg

Image-7.jpg

Image-8.jpg

Image-11.jpg

 

Image-1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog