Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



30 . AGO . 2015

30.08.15

CORROIOS / MOITA / ALCOCHETE / INFANTADO / POCEIRÃO / COINA / CORROIOS

DIA30.jpg

Ás 7:30, Durão, André, Félix e Amaro Partem de Corroios. Como é habitual, na passagem pelo Casal do Marco junta-se Morais e ao chegar a Coina, aparecem Matias, Gil e Tavares.

Inicialmente ritmo calmo, para um bom aquecimento, mas assim que o grupo começou a aumentar a velocidade, Morais fica para trás. O nosso companheiro ainda não está recuperado da lesão na perna, não conseguindo por isso fazer grandes esforços.
Assim sendo, o grupo seguiu em ritmo cruzeiro, proporcionando um passeio calmo e confortável a todos.
Em Pegões, Matias despede-se do grupo e segue em direcção a Vendas Novas, onde estava a sua namorada, que nesse dia decidiu ir de bicicleta experimentar as bifanas do local.
A partir daqui o vento soprava forte de frente, e Durão assumiu a dianteira do grupo, mantendo sempre um bom ritmo.
No final da recta de Rio Frio, Amaro tenta surpreender e ataca para chegar ao topo em primeiro. Tavares e Félix reagem ao ataque, chegando Tavares em primeiro, Amaro em segundo e Félix em terceiro. 
Em Palhais, Gil e Tavares seguem em direcção ao Barreiro.
Os restantes 5 elementos seguem em direcção a Coina, e num pequeno topo há uma disputa ao Sprint, ganha pelo Chefe de fila Durão. Mas o Mini Hulk fica muito irritado com Amaro, dizendo que este fez um sprint irregular, levando-o inclusive a travar. A discussão ainda se manteve por algum tempo, mas na chegada ao Casal do Marco, os dois companheiros la fizeram as pazes e foi altura de brindar mais uma vez à amizade deste grupo.
 
O passeio concluiu-se com 144km, acumulado de 690mts e velocidade média de 28,8km/h.
 
EQUIPA
Rui Amaro
Luis Durão
André Fernandes
Nuno Gil
Pedro Matias
Joaquim Morais
José Félix Oliveira
António Tavares

 

16200001.JPG

16210006.JPG

16210009.JPG

16220017.JPG

16220020.JPG

16290039.JPG

16500046.JPG

16500047.JPG

19560053.JPG

19560056.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

29 . AGO . 2015

30.08.15

AVENIDA DE ROMA / SACAVÉM / ALVERCA / CARREGADO / OTA / ALCOENTRE / AVEIRAS DE CIMA / PONTÉVEL / CASAIS LAGARTO / AZAMBUJA / SACAVÉM / AVENIDA DE ROMA

DIA29.jpg

Para acabar o mês das Férias fomos conhecer o melhor frango assado do país, segundo o nosso Chefe-de-Fila, que se localiza na pacata Vila de Pontével, no Restaurante a Mó. Ficou prometida uma visita com o resto da equipa para desgostar o famoso frango…
Mas, começando pelo início, Pedro Matias e António Tavares como indicado pelo nosso Líder, fizeram mais um Cruzeiro no Tejo rumo a Cidade das 7 Colinas, enquanto Luís Durão e Paulo Silva aproveitaram a viagem para ver a cidade de um ponto mais elevado.
Ponto de encontro em Sacavém, e seguimos a rota previamente traçada, sempre a bom ritmo rumo a Norte, com alguns companheiros do pedal aproveitarem a boleia da locomotiva do LongoCurso, mas ao deixarem o nosso comboio ainda conseguiram agradecer.
Os fantásticos 4 elementos rolaram sempre a bom ritmo estrada a fora, sempre com entreajuda, pode-se dizer que todos deram o peito as balas, expecto o Rei dos Esticões (Tavares) que ao chegar as subias disparava, mas sempre resposta dos outros elementos, segundo o King era para testar o “motor”, mas o lema do LongoCurso é outro: “Se queres chegar rápido vai sozinho, se quiseres chegar longe vai acompanhado.”, e nós todos queremos chegar longe para beber a nossa mini.
Chegamos à Vila de Pontével com média de 33km/h, já com algumas subidas pelo meio. Depois de visitar a Vila foi hora de regressar à Capital, saímos de Sacavém com 15min de atrasado em relação ao previsto, mas chegamos à Vila à hora prevista.
O regresso também foi feito a bom ritmo, não tão elevado, porque ainda era sábado e o fim-de-semana são dois dias. Chegados a Sacavém, foi hora da despedida.
E porque ainda estamos longe de casa, o brinde foi feito com Coca-Cola, até o nosso Líder se converteu, já dizia Fernando Pessoa “Primeiro estranha-se, depois entranha-se”.

O passeio concluiu-se com 150km, acumulado de 930m e velocidade média de 31km/h.


EQUIPA
Luís Durão
Pedro Matias
Paulo Silva
António Tavares
 

2015-08-29 10.20.49.jpg

2015-08-29 10.21.04.jpg

2015-08-29 12.18.32.jpg

 

 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23 . AGO . 2015

23.08.15

CORROIOS / POCEIRÃO / PEGÕES / VENDAS NOVAS / CANHA / POCEIRÃO / PINHAL NOVO / CORROIOS

DIA 23.jpgÁs 7:30, Durão, André e Félix partem de Corroios. Em Coina, como é habitual, aparece Tavares. Ritmo muito calmo até Palhais, onde era suposto estar Nuno Gil e os convidados João Gil e Hugo Lapinha, mas desta vez, Nuno atrasou-se uns 15 minutos.

Com a equipa completa, Nuno segue desde logo para a frente do grupo, para compensar o atraso.
Ritmo forte, com quase todos os elementos a passar pela frente do grupo, mas de inicio ao fim, um maior trabalho de dois elementos, Durão e Nuno.
Chegada a Canha com velocidade média de 34,5km/h, onde o grupo fez uma pequena pausa para abastecer água.
Continuação em direcção a Rio Frio, num ritmo um pouco mais calmo, e no topo da ponte, um colega que vinha à boleia do grupo tenta surpreender e chegar na frente ao topo, mas Tavares estava atento, saindo disparado de longe, e com o incentivo do chefe de fila que gritava "Agarra que é cão, agarra que é cão", chega em primeiro com clara vantagem.
Na passagem pela Lagoinha, Nuno convidou o grupo para fazer o brinde em sua casa, o convite foi bem aceite, só Félix, o Mini Hulk, não quis beber, uma vez que ainda estava muito longe de casa e podia-se transformar antes do tempo.
Durão, Félix, Tavares e André continuam em Direcção a Coina, onde param para mais um brinde.
É importante referir que Tavares, que há muito não era visto a ajudar na frente do grupo, hoje por algumas vezes assumiu essa posição, metendo a velocidade acima dos 50km/h, ganhando assim o prémio de "Rei dos Esticões".
 
O passeio concluiu-se com 160km, acumulado de 811m e velocidade média de 31km/h.
 
EQUIPA
Luis Durão
André Fernandes
Nuno Gil
José Félix Oliveira
António Tavares
 
CONVIDADOS
João Gil
Hugo Lapinha

16540002.JPG

16550009.JPG

16560013.JPG

16580023.JPG

16580027.JPG

19290030.JPG

20050034.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22 . AGO . 2015

23.08.15

CORROIOS / AZEITÃO / PALMELA / LAGOINHA / PINHAL NOVO / POCEIRÃO / AGUAS DE MOURA / PRAIAS DO SADO / NECESSIDADES / AZEITÃO / CORROIOS

DIA 22.jpg

Para hoje tínhamos a chamada “Volta dos Tristes”, porque só havia 2 elementos para volta, Luís Durão e Pedro Matias. 

Matias como bom companheiro que é, decidiu ir ao encontro de Durão no Fogueteiro, para a volta de hoje não ser tão triste.
Mas, e há sempre um mas, Matias desencontrou-se com Durão e com o grupo que este arranjou à ultima da hora. E por isso, Matias teve que fazer um CR até quase Azeitão, na busca do pequeno pelotão.
E sim, o Matias não se deixou dormir, foi apenas um desencontro.
Entretanto, o nosso chefe de fila Luís Durão, bom companheiro e sempre em prol do grupo "LONGO CURSO" tenta acalmar o andamento do grupo em que seguia,  ficando para trás várias vezes para tentar avistar Pedro Matias e por este motivo fazendo vários CR até ao grupo para estes esperarem, coisa que cada vez era mais difícil de conseguir, havendo já alguns elementos de ânimo exaltado. 
Pelotão reagrupado, e foi hora de ouvir uma recomendação, o que é saber andar em "Ritmo Moderado", é pena que o autor (o mesmo de sempre) desta recomendação esqueceu-se de outra, o que é ser Companheiro Solidário… mas há mais marés que marinheiros.
O grupo rolou sempre em pelotão compacto, apesar de certas brincadeiras (esticões) quando a estrada assim o permitia.
Foi um passeio a ritmo constante e controlado, onde deu para apreciar as belas vinhas das Terras de Fernando Pó… e que carregadas que elas estavam.
O pelotão só se fraccionou na subida das Necessidades, onde a falta de companheirismo imperou, e como no LongoCurso impera outro espírito e mentalidade Matias e Durão subiram quase a par, levando consigo outros elementos menos fortes nesse dia. Depois foi só descer até à tão desejada mini, desta vez em Coina.

O passeio conclui-se com 140km, acumulado de 850m e média final de 30 km/h

EQUIPA
Luís Durão
Pedro Matias

CONVIDADOS
Mário Fernandes
Mário Costa
António Rocha
Luís Souto
Nuno Varela

 

FILE1368.JPG

FILE1372.JPG

FILE1382.JPG

FILE1385.JPG

FILE1386.JPG

FILE1395.JPG

FILE1397.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

16 . AGO . 2015

16.08.15

CORROIOS / POCEIRÃO / A MOURA / PEGÕES / CANHA / PINHAL NOVO / CORROIOS

Dia 16.jpg

Ás 8h, Durão e André partem de Corroios. Aqui, o chefe de fila informa que já tinham uma baixa, Morais lesionou-se no passeio do dia anterior, e não estava muito bem para alinhar neste passeio.
Ao chegar a Coina, o convidado Sérgio já vinha ao encontro da dupla. 
Seguiram em ritmo calmo em direcção à Moita, onde entra no mini comboio o 4 e último elemento do grupo para este passeio, Nuno Gil.
Passados poucos metros, rápida paragem numa estação de serviço para Sérgio tomar café, agora é que ninguém segura o homem.
Daqui em diante, ritmo forte e certo, com todos os elementos a rodarem pela frente, num grande trabalho de equipa.
Na passagem pelo Rio Frio, entra no grupo um companheiro que seguia o seu treino a solo. Companheiro este, que não se limitou a ficar na roda e foi rodando com os restantes elementos.
De Águas de Moura a Pegões a colaboração foi menor, ficando a frente do grupo entregue principalmente a Sérgio e Gil, que fizeram um excelente trabalho.
Ao quilometro 95, paragem para abastecimento liquido, e continuação da jornada sempre em bom ritmo.
Na passagem pela Lagoínha, Gil despede-se e os restantes 4 elementos seguem em Direcção a Coina, onde chegam com média de 32,2km/h. Aqui, como é tradição, paragem para o brinde, desta vez com Marco Miguel (compnheiro que se juntou ao grupo), possivelmente um novo membro do Longo Curso.
 
O passeio concluí-se com 142km, acumulado de 700m e média final de 31.4km/h
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
Nuno Gil
 
CONVIDADOS
Sérgio Fernandes
(Marco Miguel)

17170004.JPG

17180011.JPG

17570029.JPG

17580030.JPG

17580032.JPG

19360034.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

AVENIDA DE ROMA / BUCELAS / MAFRA / ERICEIRA / AZENHAS / COLARES / ESTORIL / ALCÂNTARA

Dia 15.jpg

Para este feriado, tínhamos uma homenagem a todos elementos do grupo, com um percurso bastante duro e exigente. 

A partida foi dada às 7:30 da Avenida de Roma, onde apenas compareceram 4 elementos do grupo, Durão, André, Morais e Tavares, e um convidado especial, Sérgio, atleta e fundador do grupo de BTT Monquim Afacylcles Eugénios.  
Como sempre, inicio com andamento calmo, e logo aos 10km aparece a primeira das muitas subidas do dia, Serra da Luz. Desde logo Sérgio impõe um ritmo forte levando apenas André na sua roda. Sérgio chega assim em 1º,  André faz 2º e Morais 3º.
A partir daqui, o que não faltaram foram subidas com as suas contagens de montanha, mas a classificação foi quase sempre a mesma, alternando apenas o 3º lugar que foi sempre atribuído a Tavares ou Morais. Como sabemos, o nosso chefe de fila Durão não se dá bem com subidas, mas assim que o terreno ficava mais nivelado, tratava de assumir a frente do grupo, trabalhando assim em prol da equipa.
Na passagem por Lousa, paragem na casa "Bicicletas Masil", onde Durão aproveitou para cumprimentar um velho amigo, e Sérgio meteu um novo pneu na sua máquina.
Ao chegar à Malveira, paragem na já habitual casa para comer a trouxa, e uma vez que já estávamos na hora de almoço, umas sandes de presunto também caíram bem. 
Arranque em direcção a Mafra e depois Ericeira, onde pelo caminho, quando o grupo rolava a cerca de 40km/h, do outro lado da estrada um tractor deixa cair a carga de limões que transportava,rolando assim centenas de limões pela estrada. Felizmente todos conseguiram passar em segurança.
Chegados a Sintra, foi altura de repor energias e visitar a "Piriquita" para o tradicional travesseiro.
A partir daqui as subidas acabaram e foi apenas rolar até Lisboa,onde Sérgio assumiu a frente do grupo durante quase todos os 20km da marginal, até Alcântara, onde foi feito mais um brinde à Amizade e ao Longo Curso.
 
O passeio concluiu-se com  212km, acumulado de 3470m e média de 26km/h
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
Joaquim Morais
António Tavares 
 
Convidado
Sérgio Fernandes

17040001.JPG

17050005.JPG

17050006.JPG

17060012.JPG

20140014.JPG

20140016.JPG

20150023.JPG

20150025.JPG

20160026.JPG

20160027.JPG

20160030.JPG

20170032.JPG

20170034.JPG

20260042.JPG

20280043.JPG

00080001.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

09 . AGO . 2015

09.08.15

CORROIOS / PALMELA / MOITA / RIO FRIO / POCEIRÃO / FERNANDO PÓ / SETUBAL / COINA / CORROIOS

DIA 9.jpg

Para o último dia da Volta a Portugal, o chefe de fila organizou um passeio "rédea curta", para que todos pudessem assistir confortavelmente no sofá, ou para os mais aventureiros, presencialmente à chegada dos bravos à Capital.

 
Bem pela fresquinha, ás 7:30, Durão e André partem de Corroios. Como é habitual, na passagem pelo Casal do Marco entra Morais, e na rotunda de Coina, Matias, Tavares e Paulo (o que o franciú da Quinta do Conde não sabia, é que hoje tinha concorrência à altura).
A partir daqui, o ritmo é imposto por apenas dois elementos, André e Morais. 
Ao chegar a Cabanas, aparece Nuno Gil e o seu primo Hugo, este sim, verdadeiro conhecedor da língua francesa.
Desde cedo Nuno Gil assume a frente do grupo, tendo como reforços Paulo, Durão e Morais.
Aproximava-se a meta volante de Palmela. Gil, faz a primeira parte da subida a bom ritmo reduzindo logo aí o pequeno grupo. De seguida, André passa para a frente levando consigo apenas 3 elementos. A aproximadamente a 200mts do risco, Tavares lança um ataque fortíssimo, passando para a frente com alguma vantagem, mas foi demasiado cedo, logo é passado por Gil que chega em 1º, André faz 2º e Morais fecha o pódio.
Daqui em diante, o grupo estava entusiasmado e com força para seguir em bom ritmo. Mas, sempre que a velocidade aumentava, Hugo ficava para trás. Gil como bom primo que é, descaía no grupo e dava uma ajuda no reagrupamento.
Foi então que o grupo decidiu não dar tantos esticões e seguir a um ritmo acessível a todos.
Ao fim de 110km chega a única dificuldade do dia, subida das necessidades.
Nuno Gil entra em força, e nos primeiros metros faz duas baixas, Matias e Hugo. Pelo contrário, Durão mostra que está em grande forma ao aguenta-se na subida com os mais leves. 
Gil aprecebe-se que Hugo e Matias ficaram para trás e descai novamente para os ajudar. O restante grupo seguiu sempre a bom ritmo. Chegados à parte dura da subida, Morais ataca com força, André e Paulo seguem com ele, mas Paulo é traído pela máquina. A corrente salta e este fica fora da discussão da montanha.
Morais e André seguem em ritmo certo subida fora, até que a meio da subida André aumenta um pouco o ritmo, e Morais não consegue seguir com ele. André chega assim ao topo em 1º, Morais faz 2º e Tavares 3º.
No alto das Necessidades, reagrupamento e despedida de Gil e Hugo.
Continuação em direcção a Azeitão, onde o Grupo parou pela primeira vez na "Moto Torta" para o brinde, uma vez que Paulo saia na Quinta do Conde.
Normalmente após o brinde, o grupo segue com calma até casa, mas este dia foi excepção. Houve mesmo forças para um sprint na chegada a Coina, onde quando Tavares pensava já estar ganho, é surpreendido pelo chefe de fila que ganha com grande vantagem. Mais uma vez, Tavares a atacar muito cedo.
 
O passeio concluiu-se com 141km, acumulado de 900mts e velocidade média de 30.2km/h
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
Nuno Gil
Pedro Matias
Joaquim Morais
Paulo Silva
António Tavares
 
CONVIDADO
Hugo

 

15190006.JPG

16200011.JPG

16210017.JPG

16210019.JPG

16490024.JPG

 

16520028.JPG

16520032.JPG

16520033.JPG

16530039.JPG

17160042.JPG

17170043.JPG

19160052.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

08 . AGO . 2015

09.08.15

CAMPOLIDE / ALCÂNTARA / ESTORIL / AUTÓDROMO / CHÃO DE MENINOS / SINTRA / COLARES / CASCAIS / ALGÉS / ALCÂNTARA / CAMPOLIDE

dia 8.jpg

Para o dia de hoje tínhamos um lema “ESFORÇO E SOFRIMENTO PELA PURA BELEZA DA NATUREZA”.


O ponto de encontro foi em Alcântara por volta das 8h30m, e o passeio foi feito por 3 elementos do LongoCurso mais um convidado. 

De Fertagus vieram Luís Durão e o convidado Alfredo aproveitando para ver a capital através da Ponte 25 de Abril. Do outro lado da margem sul, Pedro Matias e António Tavares deixaram o Tejo para trás, depois de  um Cruzeiro no Tejo.
Marcado o ponto em Alcântara, foi hora de remar pelas Linhas, 1º pela Linha de Lisboa e 2º pela Linha de Cascais. E por falar em Linhas, o Homem do Mar anda a roubar linhas na Margem Sul, e mais não digo. Chegados ao Estoril, lá tivemos a nossa conhecida subida de 11km. Apesar de serem 11km disfarçados, porque tem os chamados falsos planos. A subida foi feita em grupo, uma vez que tivemos sempre a presença de um vento forte.
Ao chegar a Sintra, tivemos direito a um mimo gastronómico, fomos à famosa “Piriquita” comer o típico Travesseiro, e que bem que soube. Até subiu a moral para o que vinha ai… a famosa Subida do Penedo. Curva, contracurva e lá estava ela. António Tavares tinha como objectivo bater o seu recorde na subida e arrancou forte, Pedro Matias foi na sua roda. Luís Durão tinha o 4º Lugar garantido, dizia ele. Tavares estava forte mas Matias não desarmava, mas uma dor forte no peito fez o homem abrandar o ritmo, dizem que é AMOR. António Tavares fez o penedo em 6m51s, seguindo-se Pedro Matias e por fim a dupla da velha escola. Depois foi descer até ao Guincho, onde tínhamos à nossa espera um vento muito forte. Para completar a volta turística fizemos uma viragem para a Boca-do-Inferno. Paragem novamente na Marina de Cascais para a selfie deste quarteto de luxo, o resto do percurso a partir do Guincho, foi feito a um ritmo calmo e sempre unidos como uma verdadeira EQUIPA. Desta vez não houve brinde, apenas um contra-relógio para casa, talvez o aquecimento para a Volta a Portugal.

O Passeio concluiu-se com 100km, acumulado de 1200m e velocidade média de 26km/h.

EQUIPA
Luís Durão
Pedro Matias
António Tavares

CONVIDADO
Alfredo

2015-08-08 07.37.09.jpg

2015-08-08 07.37.17.jpg

2015-08-08 09.03.35.jpg

2015-08-08 10.26.04.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

02 . AGO . 2015

02.08.15

CORROIOS / COINA / PINHAL NOVO / POCEIRAO / AGUAS DE MOURA / VENDAS NOVAS / CANHA / COINA / CORROIOS

DIA 2.jpgÁs 7:30, arrancam de Corroios Durão, Amaro, Félix, André e Valera. O chefe de fila informa a equipa que já havia uma baixa, Paulo Silva não ia alinhar nesta volta. Na passagem pelo Casal do Marco junta-se Morais, e em Olhos de Água, para fechar a equipa, entra Nuno Gil.

O ritmo que até agora vinha bastante calmo, começa gradualmente a aumentar, com todos os elementos a passarem na frente do grupo, mas o maior trabalho a ficar a cargo de Nuno Gil e Luís Durão.
 
No Poceirão Valera despede-se do grupo, e regressa a casa, o homem estava de rédea curta.
 
Os restantes elementos continuaram sempre em bom ritmo até Canha. Aqui, paragem para abastecimento líquido, onde o chefe de fila aproveita para entregar o Cartão do Longo Curso ao amigo Amaro. A ver se agora já consegue atravessar o Tejo, para marcar presença nos grandes passeios da margem Norte.
 
Quando o grupo ia para seguir caminho, Gil repara que o pneu estava furado. Problema rapidamente resolvido e o grupo fez-se novamente à estrada.
Chegada ao Pinhal Novo com uma velocidade média de 33km/h, e aqui Durão informa a equipa que estão com meia hora de avanço em relação ao previsto, pelo que se reduziu a velocidade.
 
Na passagem pelos Olhos de Água, Gil despede-se e o grupo continua em ritmo calmo. Até que, na Auto Europa André parte um raio da frente. Roda fica bastante empenada, mas nada que impeça de continuar.
 
Ao chegar a Coina, breve paragem para abastecer água, e aqui Félix, ou como já é conhecido no pelotão, Mini Hulk, solta os seus gritos de transformação, mostrando assim a todos, que chega ao final do passeio em grande forma.  
 
Por fim, o grupo chega à Tasca Tosca, desta vez para brindar também ao nosso grande amigo Morais que fez anos no fim de semana passado.
 
O passeio concluiu-se com 165km, acumulado de 800m e velocidade média de 32km/h  
 
EQUIPA
Rui Amaro
Luis Durão
André Fernandes
Nuno Gil
Joaquim Morais
José Félix Oliveira
Jorge Valera 

15200012.JPG

15210017.JPG

15210019.JPG

18000027.JPG

18320037.JPG

18340039.JPG

18350042.JPG

18350045.JPG

18350047.JPG

18691644_wnkSK.jpeg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

01 . AGO . 2015

02.08.15

CAMPOLIDE / ALCANTÂRA / ESTORIL / AUTÓDROMO / MALVEIRA DA SERRA / GUINCHO / CASCAIS / ALCÂNTARA / CAMPOLIDE

DIA 1.jpg

Para o 1º dia do mês de Agosto tínhamos uma tarefa curta, mas dura como é apanágio do LongoCurso.

A empreitada só foi aceite por 5 elementos do grupo, o resto do pessoal anda a pedalar na praia…

A partida para a nossa tarefa foi na margem norte do Rio Tejo, por isso, Luís Durão, Luís Morais e Tiago Durão deslocaram-se para a capital de Fertagus, enquanto Pedro Matias e António Tavares, fizeram um Cruzeiro no Tejo para chegarem a Lisboa.

O ponto de encontro era ás 8h em Alcântara, onde depois seguíamos pela marginal em direcção ao Estoril. 

Mas ao chegarmos à Parede, por imposição do sinal vermelho não conseguimos passar todos, apenas Tavares e Pedro Matias, os restantes ficaram a aguardar que os carros passassem e o imprevisto aconteceu, Luís Durão ao colocar mal o pé no chão deu-lhe uma cãibra, que o obrigou mesmo a parar, mas rapidamente continuamos.

Chegados ao Estoril, lá estava a nossa conhecida subida mas que desta vez seriam apenas de 8 km até à viragem em direcção à Lagoa Azul, onde 1º Morais , 2º Matias, 3º Durão e Tiago. Alguns minutos depois surge Miguel Tavares.

Aqui aproveitamos para comer e reagrupar e criar fôlego para a próxima subida que também não era fácil. O nosso Chefe-de-Fila que estava com cãibras que já vinham desde a Parede, aproveitou para fazer uns alongamentos que resolveram o problema. 

E segue a marcha para o resto das dificuldades, e que dificuldades, Monserrate onde desta vez Pedro Matias foi um Homem e não meteu o pé no chão… em que novamente 1º Morais, 2º Tiago Durão, e a fechar o pódio Matias, Tavares e Durão. Seguimos até ao "coração" de Sintra onde parámos para beber café que há muito era reclamado por Miguel Tavares. Fizemos assim uma pausa no Café/Galeria do primo do Durão que acabou por pagar-nos os tão desejados cafés.

Seguimos por Galamares onde Tiago Durão e Luís Durão tomam a dianteira do grupo impondo um bom andamento, chegamos ao Penedo, onde novamente o nosso companheiro Morais é 1º , Tiago Durão 2º , Pedro Matias 3º , Miguel Tavares é 4º e a fechar o grupo o nosso chefe de fila Luís Durão. 

De seguida, foi hora de regressar à base e viemos em direcção as Praias do Guincho, onde se fez a grande velocidade com Miguel Tavares endiabrado a atacar forte até à Malveira da Serra onde encontramos o grande amigo Quim que se juntou a nós.  Continuamos com o mesmo entusiasmo até passar a terrível praia do Guincho, que ultimamente tem sido horrível por cauda da areia.

Após passagem demos por falta de Pedro Matias em que o grupo teve que esperar alguns minutos por ele.

O resto do percurso a partir do Guincho, foi feito a um ritmo calmo e sempre unidos como uma verdadeira EQUIPA, uma vez que as forças já não eram muitas e por esta altura a nossa "mascote" Tiago Durão começava a acusar algum cansaço e como ainda era Sábado há que poupar forças para o dia seguinte e como ainda havia um objectivo a cumprir que era chegar com forças à tão desejada Mini.

A paragem foi no Restaurante Palácio, onde Morais teve brinde ao seu Aniversário, aproveitamos para entregar o cartão do "LONGO CURSO" ao nosso companheiro Tavares e depois seguiu-se a prenda do Morais que não foi à Srª Mila, mas sim a  de um belo de um furo, causado mais uma vez pela linha do Comboio.

 

O Passeio concluiu-se com 125km,  acumulado de 2000m e velocidade média de 26km/h.

 

EQUIPA

Luís Durão

Tiago Durão

Luís Morais

Pedro Matias        

António Tavares

FILE1118.JPG

FILE1127.JPG

FILE1142.JPG

FILE1151.JPG

FILE1156.JPG

FILE1158.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog