Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



26 . JUL . 2015

27.07.15

LISBOA / CASCAIS / GUINCHO / SINTRA / TERRUGEM / AZENHAS DO MAR / PRAIA DAS MAÇÃS / MONSERRATE / ESTORIL / OEIRAS / LISBOA

DIA 27.jpg

Para este passeio estavam apenas confirmados 4 elementos do grupo e um convidado, mas à última da hora, Luís Durão aparece com mais um elemento de peso, o seu filho Tiago.

Ás 7:20 horas Durão, Tiago, Félix e André saem da estação de Campolide, e ainda antes de chegar a Alcântara junta-se Tavares que já vinha ao encontro dos restantes elementos. 
Primeiros quilómetros feitos em ritmo calmo, para aquecer e por a conversa em dia.
Desde cedo, Tiago mostra que a sua presença não era só para fazer número, e passa longos períodos na frente do grupo, fazendo um óptimo trabalho em favor da equipa. 
Na passagem por Oeiras entra no grupo o convidado Carlos.
Ao chegar a Cascais o vento estava fortíssimo, e o nosso convidado fica para trás. Durão descai e trás com ele Félix e Carlos novamente até à frente.
Na passagem pelo Guincho o vento era tão forte que levantava a areia da praia para a estrada, fazendo com que todos os elementos levassem um "banho" de areia.
Inicio da subida e, na passagem por Malveira da Serra o amigo Carlos despede-se do grupo. 
Os 5 elementos lá continuaram subida acima, enfrentando um vento que já começava a fazer estragos, mas ao chegar a Pé da Serra, o vento deixa de se fazer sentir tornando o passeio bem mais agradável. 
O restante passeio foi feito sempre em bom ritmo, desfrutando das belas paisagens de Sintra, com Durão a mostrar que quando quer também sabe subir bem.
Já muito próximo do destino final, em Alcântara, uma pequena distracção de Tiago e Tavares leva-os a enfiar a roda na linha do comboio e a verificar a de perto o estado do alcatrão. Felizmente, tirando uns aranhões, não houve grandes danos.
De seguida, a caminho do comboio, após o já tradicional brinde, num semáforo Félix esquece de tirar o pé do pedal e tomba para o lado. E ainda queria o nosso amigo "mini Hulk" beber mais.
 
O passeio concluiu-se com 123km, acumulado de 1445m e velocidade média de 27,5km/h 
 
EQUIPA
Luís Durão
Tiago Durão
André Fernandes
José Félix Oliveira
António Tavares
 
Convidado
Carlos

 

15330006.JPG

15340011.JPG

15340015.JPG

15360024.JPG

15360025.JPG

15370029.JPG

15580036.JPG

15580038.JPG

17320065.JPG

17580069.JPG

17590078.JPG

18000080.JPG

18020086.JPG

19280090.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25 . JUL . 2015

27.07.15

CORROIOS / CASAL DO MARCO / MOITA / RIO FRIO / POCEIRÃO / AGUALVA / ZAMBUJAL / SETUBAL / ARRÁBIDA / NECESSIDADES / COINA / CORROIOS

passeio25072015.PNG

Para este Passeio havia apenas dois elementos do "LONGO CURSO" com disponibilidade para o fazer, Luís Durão e Joaquim Morais. 

Para não dizerem que seria um passeio apenas realizado por dois velhos "Dinossauros", Durão resolve convidar um casal muito especial, Wilson e sua esposa Cristina.
Saída de Corroios às 8.00 horas apenas Durão, já que os convidados estavam atrasados, ficando combinado novo ponto de encontro no Casal do Marco onde já se encontrava Morais. Aqui Durão transmite a notícia e ambos esperam sensivelmente 15 minutos. 
Após a chegada do casal, partida para cumprir o percurso do passeio conforme planeado. Tudo se desenrolou num andamento calmo e em perfeita harmonia.
Na chegada ao desvio para a subida da Arrábida decidiu-se ir pelo Vale da Rasca onde se tirou a foto da praxe só que desta vez foi cá em baixo.
Continuação até ao Casal do Marco e paragem para o habitual brinde à Amizade e ao prazer de pertencer ao "LONGO CURSO".
 
O passeio concluiu-se com 124 km, acumulado de 908m e velocidade média de 27,6 km/h 
 
EQUIPA
Luís Durão
Joaquim Morais
 
CONVIDADOS
Wilson
Cristina
 

17008_994836493893744_931781368684799800_n.jpg

11703380_994836510560409_4241450295867541733_n.jpg

11754942_994836513893742_122284907836293786_n.jpg

11800343_994836503893743_5456016547939292539_n.jpg

11800589_994836497227077_8184974796750704423_n.jpg

 IMG_20150725_124317.jpg

IMG_20150725_124352.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

19 . JUL . 2015

20.07.15

LISBOA / CASCAIS / SINTRA / ERICEIRA / TORRES VEDRAS / MALVEIRA / SACAVÉM / LISBOA

Dia 19.jpg

Passeio do esforço pela pura beleza, foi assim que o chefe de fila apelidou este grande passeio.

Assim sendo, André e Durão partem ás 7:20 da estação de Campolide em direcção a Alcântara onde já aguardava o grande Tavares. 
Rápidos cumprimentos, e o trio seguiu num ritmo calmo, pois o caminho previsto para hoje não era dos mais fáceis. 
Na passagem por Oeiras aparece o Carlos, um convidado amigo de Durão, que nos faria companhia em parte do passeio.
Chegada ao Guincho e início da subida. Durão que nem gosta muito de subir, hoje estava inspirado. Não sabemos se pela chuvisco que iam caindo ou se pelas belas vistas subida acima, o que é certo é que a subida foi feita num bom ritmo, havendo forças no final para um verdadeiro sprint a dois. Durão e André deram tudo, chegando ao topo a 43km/h. André passou na frente, mas foi muito renhido, sendo quase necessário o recurso ao photo finish. 
Em colares, despedida de Carlos e o trio iniciava a descida, com muito cuidado, pois a estrada estava muito escorregadia.  
No final da descida ouve-se grande estoiro. O pneu de Tavares saltou da jante. Felizmente o problema foi rapidamente resolvido e o pequeno grupo fez-se novamente à estrada.
Se no Guincho caiam uns chuviscos, na zona da Ericeira chovia a sério. O que levou o grupo a reduzir bastante o andamento. 
Ao chegar a Torres Vedras, paragem junto à estátua de Joaquim Agostinho, e foto da praxe.
Na passagem pela Malveira nova paragem, para a já habitual Trouxa e Coca Cola.
Por volta do quilometro 160 chega o derradeiro desafio, a Serra da luz com os seus 25% de inclinação. Desta vez não houve pés a tocar no chão, todos chegaram ao topo com distinção e pela seguinte ordem: 1º André, 2º Durão, 3º Tavares.
E, eis que o trio chega a Roma Areiro exactamente à hora prevista, mesmo tendo havido alguns contratempos pelo caminho como o furo e a chuva, o Chefe de fila não falha. 
Desta vez a Pastelaria Sílvia estava encerrada para férias. Não foi desta que a Sra Mila e o Tavares se conheceram. O Morais é um sortudo. 
O brinde foi feito à mesma num café ao lado, com os 3 elementos bem dispostos e animados com este belo passeio.
 
O passeio concluiu-se com 172km, acumulado de 2350mts e média de 26,6km/h
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
António Tavares
 
Convidado
Carlos

15340005.JPG

15360008.JPG

15580014.JPG

15580017.JPG

16110025.JPG

16360026.JPG

18570028.JPG

18570029.JPG

18570032.JPG

21540034.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

18 . JUL . 2015

18.07.15

CORROIOS / AZEITÃO / PALMELA / LAGOINHA / RIO FRIO /POCEIRÃO / PINHAL NOVO / AUTO EUROPA / COINA / CORROIOS

DIA 18.jpg

Saída de Corroios às 8.00 horas Luis Durão e Jorge Valera em direcção ao Casal do Marco, onde deveria estar Joaquim Morais que desta vez estava atrasado. No entanto, estavam lá alguns amigos que iam fazer um passeio de BTT, com quem aproveitamos para trocar algumas palavras, e nos convidaram para beber um copo no Poceirão.

Entretanto com a chegada de Morais o grupo inicia o passeio. Desce cedo os 3 elementos iam rodando pela frente, trabalhando em equipa.
Chegada ao ponto de encontro previamente combinado, mas o grupo de BTT ainda não estava lá. Embora o percurso deles fosse mais curto, como vinham pelo mato atrasaram-se um pouco. Mas a respectiva carrinha com tudo o que era preciso, uma logística de peso estava lá. 
Durão e Morais aproveitam para beber uma mini, enquanto Valera dizia não querer nada.
O resto do percurso foi feito da mesma maneira, mas nos últimos quilómetros Valera acusa algum desgaste. Depressa se percebeu que a mini que ele recusou estava a fazer-lhe falta. 
Paramos como habitualmente no Casal do Marco na Tasca Tosca para fazermos o respectivo brinde à "AMIZADE" e ao prazer de pertencer ao "LONGO CURSO".

O passeio concluiu-se com 123 km,  623mts de acumulado e média de 28,6 km/h
 
EQUIPA
Luis Durão
Joaquim Morais
Jorge Valera

IMG_20150718_104421.jpg

IMG_20150718_104444.jpg

IMG_20150718_104506.jpg

IMG_20150718_124516.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo, dia 12  Julho 2015, foi dia de 3 bravos do grande grupo Longo Curso conquistarem a Serra da Estrela, levando assim as cores do grupo ao ponto mais alto de Portugal continental.

 

Foi sem duvida um grande desafio, num trajecto com 131km e 4600mts de acumulado, mas os representantes da equipa estiveram à altura.

SKYROAD.jpg

 Estrela_2015_20802.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

12 . JUL . 2015

13.07.15

CORROIOA / MOITA / RIO FRIO / POCEIRÃO / PEGOES / VENDAS NOVAS / CANHA / TAIPADAS / RIO FRIO / PINHAL NOVO / MOITA / CORROIOS 

Capturar (1).PNG

Ás 7:25 Luís Durão e Félix saem de Sta. Marta em direcção ao Casal do Marco onde já se encontravam Morais e Paulo Silva. Aqui o chefe de fila dá a informação que Tavares não iria integrar a equipa.

Mantendo a rota do passeio, o grupo seguiu em direcção ao Alto de Estanqueiro onde se pedalava com alguma calma, até que apareceu um grupo do Barreiro, " Os Tenrinhos". Como se costuma dizer "fechou-se uma porta abriu-se uma janela". Eram aproximadamente 10 elementos que se juntaram ao Longo Curso. Nesse momento Durão e Félix aumento o ritmo na frente do pelotão, trazendo o grupo na roda até ao poceirão. Com Durão a impor uma velocidade que os fazia "gemer". Mas há que realçar a preciosa ajuda de Félix, que até levou Morais a comentar o seu aspecto agressivo, parecia o "Mini Hulk".  
Ao chegar ao Poceirão tiveram a confirmação que este grupo também ia até Vendas Novas, Continuando assim todos juntos até lá. 
O regresso foi feiro em pelotão pela estrada de Canha que deixára más recordações, mas "Águas passadas não movem moinhos".
O brinde foi efectuado no Cabeço Verde para não atrasar o Paulo Silva no seu regresso a casa, claro que os resistentes Durao, Morais, e Félix param no Casal do Marco, na Tasca "TOSCA"  para o respectivo brinde à Amizade e ao prazer de pertencer ao "LONGO CURSO".
 
O passeio concluiu-se com 153km acumulado de 679m e velocidade média de 30.7 km/h
 
EQUIPA
Luis Durão
Luís Morais
José Félix
Paulo Silva

Vendas Novas 12-07-2015 (2).JPG

Vendas Novas 12-07-2015 (3).JPG

Vendas Novas 12-07-2015 (4).JPG

Vendas Novas 12-07-2015 (6).JPG

Vendas Novas 12-07-2015 (7).JPG

 

Vendas Novas 12-07-2015 (1).JPG

Vendas Novas 12-07-2015 (8).JPG

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 . JUL . 2015

13.07.15

CAMPOLIDE / OEIRAS / ESTORIL / COLARES / MONSERRATE / SINTRA / ESTORIL / CAMPOLIDE 

passeio 11.07.2015.PNG

Ás 8.04, Durão e os convidados Paulo Franco e Alfredo, apanham o comboio em Corroios, onde já seguia Morais. 

Saem na estação de Campolide, e em Alântara esperam alguns minutos por Tavares. Neste tempo de espera, o grupo aproveita para tirar algumas fotos. E esta foi a primeira grande surpresa do dia, Luís Morais regressava no tempo e voltava a ser o repórter da viagem. 
Após chegada de Tavares, este também tirou a foto da praxe e o grupo seguiu o seu caminho, com alguma conversa para animar e tentar não reparar no vento que se fazia sentir.
Desde cedo o grupo começou a rodar pela frente como um verdadeira equipa, com a excepção do convidado Alfredo que fazia questão de abrandar quando era a sua vez de puxar, "dizia que era para depois não pagar a factura". Isto estava correcto se fosse uma corrida, mas aqui o principio é sempre o mesmo, todos dão tudo em prol da equipa e não estão à espera de poder brilhar por se ter poupado o tempo todo.
Com algumas correcções neste sentido o grupo chega ao Estoril e aqui surgiu a segunda surpresa do dia. O convidado Alfredo com uma maneira subtil começa a dizer que como fazia muito vento o melhor era ir por dentro, todos concordaram e seguiram em direcção à Lagoa Azul, ou seja pela 1ª vez o percurso foi alterado do princípio até ao regresso à Marginal. 
Estas alterações deram origem a que no regresso antes de chegarem à Marginal ter havido uma confusão e acabarem por se perder uns dos outros, uma vez sem exemplo.
Depois de todos reagrupados seguiram em direcção a Alcântara com especial atenção ao Paulo Franco que começou a não aguentar o ritmo mas, como sempre ninguém fica para trás.
Em Alcântara Tavares segue para o barco e os restantes para o comboio.
Neste passeio não houve "BRINDE" como já é costume, por causa de termos chegado à estação e o comboio já estava à nossa espera.
 
O passeio concluiu-se com 100 km, acumulado de 1500m e velocidade média de 25.4 km/h.
 
EQUIPA
Luis Durao
Joaquim Morais
Miguel Tavares
 
CONVIDADOS
Alfredo
Paulo Franco
 

Sintra 11-07-2015 (3).JPG

Sintra 11-07-2015 (4).JPG

Sintra 11-07-2015 (5).JPG

Sintra 11-07-2015 (6).JPG

Sintra 11-07-2015 (8).JPG

Sintra 11-07-2015 (9).JPG

Sintra 11-07-2015 (10).JPG

Sintra 11-07-2015 (12).JPG

Sintra 11-07-2015 (13).JPG

Sintra 11-07-2015 (14).JPG

 

Sintra 11-07-2015 (17).JPG

Sintra 11-07-2015 (19).JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05 . JUL . 2015

05.07.15

LISBOA / SACAVEM / OTA / RIO MAIOR / PORTO DE MÓS / FÁTIMA / ENTRONCAMENTO

Dia 5 Jul.jpg

O Longo Curso saiu para o seu terceiro passeio do ano a Fátima, e o chefe de fila Luís Durão, decidiu dedicar esta volta aos "Anjinhos" (filha de Nuno Gil e os gémeos de Paulo Silva).

Assim, ás 7h Durão, Morais e André partem da estação Roma Areeiro, e são logo surpreendidos. Aquela hora da manhã, a Sra. Mila já estava na rua para apoiar esta grande equipa.  
Chegada à zona da Expo, e lá estava Tavares à espera, fechando assim a equipa de hoje.
Desde cedo o grupo se apercebeu que esta missão não iria ser nada fácil. O vento soprava muito forte de Norte.
O pequeno grupo seguiu viagem, sempre muito compacto, com Durão e André a dar a cara ao vento. Por vezes Morais dava uma ajuda na frente. Já Tavares nunca saiu da roda.
Passagem pela serra dos Candeeiros e aqui o grande Tavares foi-se um bocado abaixo, tornando-se para ele, esta ida a Fátima, uma verdadeira peregrinação.
Em Porto de Mós nova subida à Serra, subida esta que Durão tinha jurado nunca levar a sua equipa, mas ainda bem que não cumpriu o prometido, pois a sua beleza compensa todas as dificuldades. 
Por volta das 13h, quase uma hora após o previsto, devido ás dificuldades encontradas neste dia, os quatro elementos chegam ao Santuário.
Luís Durão leva uma vela a mais que o habitual. Vela essa destinada aos "Anjinhos", uma vez que os pais não estavam presentes, o chefe de fila não ia deixar a homenagem deste passeio em vão.
Minutos depois o grupo parte até ao Pingo Doce mais próximo, onde faz o seu almoço. 
Depois até à estação do Entroncamento, foram mais 30km, feitos nas calmas, e aqui com o vento a dar uma ajuda.
Já em Lisboa, passagem pela Pastelaria Sílvia, para brindar ao grande Longo Curso com a nossa fã incondicional, que desta vez, fez questão de ficar na fotografia. 
 
O passeio concluiu-se com 172km, acumulado de 1800m e média de 25.1km/h
 
EQUIPA
Luís Durão
André Fernandes
Luís Morais
António Tavares 

17430001.JPG

17430004.JPG

17440013.JPG

17450014.JPG

17450016.JPG

17450017.JPG

17490029.JPG

20040035.JPG

20050037.JPG

20050039.JPG

20330040.JPG

21000043.JPG

21000044.JPG

 

00490002.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04 . JUL . 2015

04.07.15

CORROIOS / PALMELA / MOITA / FORNINHO / MONTIJO / PENALVA / COINA / CORROIOS

04 . Jun.jpg

Às 8h Luís Durão sai de Corroios na companhia de um retornado, Paulo Franco. Na passagem pelo Casal do Marco apanham Luís Morais, para na estação a seguir, Coina, levar consigo na carruagem Pedro Matias e António Tavares.

Os primeiros quilómetros foram em ritmo calmo só para aquecer as pernas, uma vez que fomos surpreendidos por uma temperatura baixa. Esta éra supostamente uma volta a ritmo baixo, para não desgastar muito as pernas, uma vez que no dia a seguir ia acontecer o 3º Passeio a Fátima do LongoCurso.

Mas e há sempre um mas, o pessoal está com vontades de fazer umas Metas-Volantes… e pronto a “coisa” lá teve que aumentar o ritmo.

Matias e Tavares andam picados à umas semanas e hoje foi dia de testar as pernas… Meta de Palmela foi para Tavares, Matias fez 2º. Não esquecer que Durão e Matias levaram o grupo até Palmela.

A descida para a Moita foi feita a ritmo elevado a ver se CR7 estava por casa, mas nada feito. Segue-se para a EN5, onde Durão deve ter sido picado por bicho da época e impõe um ritmo tão forte que só a viragem à esquerda para o Forninho levou o pelotão abrandar para umas “necessidades”…

Entra-se na EN4, se a EN5 tem tapete novo, a EN4 parece uma manta de retalhos, onde todo o cuidado é pouco, mas mesmo assim Durão galgou por cima de todos os buracos e lombas, o Homem estava um verdadeiro Todo-o-Terreno.

 

E por passar no acesso Academia do SCP, lembrei disto:

LÁ LÁ LÁ LÁ LÁ

Força LongoCurso Allezz

 LÁ LÁ LÁ LÁ LÁ

Sempre a Empenar Allezz

LÁ LÁ LÁ LÁ LÁ

Só eu sei Porque não fico em casa!

E porque…

Porque gosto de Sofrer Allez

 

E seguiu-se para mais uma brincadeira, a Meta da Atalaia. Onde Matias mete um ritmo forte para lançar os companheiros, a classificação ficou assim ordenada: 1º Morais, 2º Tavares e 3º Durão.

O resto do percurso a partir da Atalaia, foi feito a um ritmo calmo uma vez que Paulo já vinha com cãibras, e sempre unidos como uma verdadeira EQUIPA, com o objectivo de chegar à tão desejada Mini/Coca, em Coina.

 

O Passeio concluiu-se com 130km, acumulado de 730m e média de 29km/h.

 

EQUIPA

Luís Durão

Pedro Matias

Luís Morais

António Tavares

 

CONVIDADO

Paulo Franco

FILE0996.JPG

FILE0999.JPG

FILE1000.JPG

FILE1002.JPG

FILE1005.JPG

FILE1006.JPG

FILE1008.JPG

FILE1014.JPG

FILE1020.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

28 . JUN . 2015

02.07.15

CORROIOS / MOITA / MONTIJO / ATALAIA / INFANTADO / TAIPADAS / RIO FRIO / PINHAL NOVO / AUTO EUROPA / COINA / CORROIOS

DIA 28.jpg

Como previsto, às 7:30 Luis Durão dá o tiro de partida, levando consigo Rui Amaro e José Félix. Na rotunda de Coina entra Paulo Silva e em Palhais Pedro Matias e Miguel Tavares. Continuação até à Moita onde esperam um pouco pelo Nuno Gil e está feito o grupo.
Primeiros km em ritmo calmo, e a partir de Passil o ritmo aumenta e sente-se que há marcas do dia anterior.
Continuação em bom ritmo até à Carreira de Tiro de Alcochete onde surgem dois elementos do TGV que se juntam ao grupo e claro o LONGO CURSO começa a impor um ritmo mais forte, com Nuno Gil e Luis Durão na frente. Tavares chega mesmo a comentar: "Durão não podes ver ninguém". Paulo Silva e Rui Amaro também dão uma ajuda na frente mostrando que estavam no grupo. Paulo Silva ainda tenta surpreender e chegar a um topo em primeiro mas Nuno Gil não deixa.
Nas Taipadas paragem para beber água. Depois foi sempre a rolar em bom ritmo até ao Poceirão com alguma brincadeiras pelo meio mas, notava-se que alguns elementos já não conseguiam brincar.
Na recta do Poceirão acontece o imprevisto, Pedro Matias começa a ficar para trás mas dizendo sempre que tudo estava bem, não aguentava era muito mais que os 30 km/h e assim o grupo manteve essa velocidade até Coina, excepto Rui Amaro que resolveu acelerar na Auto Europa deixando todos para trás, parando em Coina apenas para se despedir, provavelmente deve ter a ver com o plano de treinos.
Em Coina paragem para a habitual mini aproveitando para comemorar o Aniversário do Paulo Silva. 
 
O passeio concluíu-se com 122km, acumulado de 600mt e média de 30km/h
 
EQUIPA
Rui Amaro
Luís Durão
Nuno Gil
Pedro Matias
José Oliveira
Paulo Silva
António Tavares
 

2015-06-28 09.17.02.jpg

2015-06-28 09.17.40.jpg

2015-06-28 09.18.06.jpg

2015-06-28 09.31.40.jpg

2015-06-28 09.33.17.jpg

2015-06-28 09.33.32.jpg

2015-06-28 09.34.00.jpg

2015-06-28 10.55.49.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27 . JUN . 2015

02.07.15

CAMPOLIDE / ALCÂNTARA / ESTORIL / GUINCHO / SINTRA / MALVEIRA / LOURES / CANEÇAS / CAMPOLIDE

dIA 27.jpg

Ás 7:25, Luís Durão e Silvério Correia partem da estação de Campolide em direcção a Alcântara, onde se encontravam Pedro Matias e António Tavares, fechando assim a equipa para este dia. 

Os quatro elementos seguem em grupo até ao Guincho. E, antes da primeira subida do dia, paragem para dar resposta as necessidades fisiológicas, menos Silvério que seguiu à procura de um café.
Início da subida, e Matias aumenta a velocidade, levando na sua roda Tavares. Durão fica para trás. Tavares chega em primeiro ao topo e comenta "um a Zero".
Em Malveira da Serra Silvério esperava pelo trio, pois não tinha encontrado nenhum café. Continuação até Colares e aqui sim, paragem para o tão aguardado café.
O Grupo seguiu para Santa Maria de Sintra, pela estrada de Galamares, onde se avizinhava nova subida. Desta vez Silvério não entrou na disputa e acompanhou Durão subida fora. Já Matias e Tavares queriam ver quem levava a melhor nesta. E Matias faz mesmo o empate um a um.
Continuação até até Cheleiros passando por Almorquim, com Luis Durão quase sempre na frente. Ao chegar à subida de Cheleiros dá-se logo a fuga de Silvério Correia isolando-se rápidamente. Matias e Tavares que também atacaram ficam logo para trás, acabando mesmo por ser alcançados e ultrapassados por Durão.
Em Malveira Tavares já demonstrava algum cansaço, mas lá recuperou com a paragem para abastecimento que foi feita.
Continuação em direcção a Loures como previsto e dá-se a subida mais longa do dia, até Caneças em que Silvério Correia é Rei. Matias e Tavares seguem juntos deixando Durão para trás a alguns metros.
Chegando a Caneças Matias tenta a sorte num topo fazendo um sprint em que Silvério ataca e vence.
Daqui para a frente deu-se o imprevisto, Miguel Tavares começa a sentir dificuldade em acompanhar o grupo. Pequena paragem em Vale de Lobos, onde resolveram encurtar o percurso previsto, seguindo assim para Algueirão, onde o grupo parou para uma pequena refeição. Foi uma decisão acertada, pois fazem umas sandes de presunto que só visto.
Arranque em direcção a Albarraque / Carcavelos e grande recuperação de Tavares que segue sempre na roda de Durão assim como os restantes, até Belém onde Silvério e Matias descolam. Tavares ainda diz para fazerem uma fuga, mas Durão achou que não valia a pena.
Até Alcântara foi só rolar nas calmas, onde o grupo parou para festejar ao que os une, a AMIZADE e o prazer de pertencer aos LONGO CURSO.
 
O passeio concluiu-se com 170km, acumulado de 2100mt e média de 25,2km/h
 
EQUIPA
Silvério Correia
Luís Durão
Pedro Matias 
Miguel Tavares
 

FILE0942.JPG

FILE0953.JPG

FILE0959.JPG

FILE0966.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog