Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



21 . JUN . 2015

21.06.15

CORROIOS / POCEIRÃO / PEGÕES / VENDAS NOVAS / CANHA / LAGOA DO CALVO / RIO FRIO / MOITA / CORROIOS

dia21.jpg

 

Era o Dia do regresso do grande Nuno Gil à estrada com a equipa do LongoCurso, e que melhor regresso esse senão com uma “amante” nova… Dizem que vem com motor.


Não houve atrasos, às 7h30m o grupo parte de Corroios. Luís Durão, Silvério Correia, Jorge Valera e José Félix arrancam ao encontro de Bernardino Adão e Luís Morais no Casal do Marco, o pelotão fica completo em Coina com a entrada de Pedro Matias e do homenageado do dia, Nuno Gil.
Nem houve tempo para brincadeiras, Gil para testar a sua máquina imprime um ritmo tão forte no pelotão que os seus companheiros até reclamam “não consigo beber água…” foi sempre no Red Line… tão red que por vezes elementos ficavam para trás.


O ritmo forte foi imposto por 3 elementos: Durão, Morais e Gil, o resto do grupo ia a tentar sobreviver as velocidades altas… Na chegada a Vendas Novas o GPS já assinalavam a bonita média de 33km/h.


A estrada que liga Vendas Novas a Canha foi feita num ritmo diabólico, devido as condições que a mesma proporciona, mas desta vez fomos “na curva”. Porque numa curva estava uma pinha que deitou 2 elementos ao chão… Silvério e Bernardino. Silvério foi “pastar” um pouco, mas Bernardino ficou em pior estado sendo mesmo necessário pedir apoio médico (ambulância) e seguiu para o hospital.


O resto do percurso a partir de Canha, foi feito a um ritmo calmo e sempre unidos como uma verdadeira EQUIPA, com o objectivo de chegar a casa bem.

O passeio concluiu-se com 153km, acumulado de 600m e média de 31km/h

EQUIPA
Bernardino Adão
Silvério Correia
Luís Durão
Nuno Gil

Pedro Matias 

Luís Morais
José Félix
Jorge Valera

FILE0914.JPG

FILE0915.JPG

FILE0917.JPG

FILE0920.JPG

FILE0923.JPG

FILE0927.JPG

FILE0931.JPG

FILE0932.JPG

FILE0933.JPG

FILE0937.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

20 . JUN . 2015

20.06.15

CORROIOS / PINHAL NOVO / ZAMBUJAL / SETÚBAL / SERRA DA ARRÁBIDA / COINA / CORROIOS

dia20.jpg

Mais um fim de semana e o LongoCurso sai para a estrada. Esperávamos uma etapa com muito calor, com temperaturas a rodar os 35ºC.

 

O Tiro de partida foi dado às 8h em Corroios, Luís Durão traz consigo alguns elementos, na passagem pelo Casal do Marco apanha Luís Morais, Silvério Correia… e então o Bernardino Adão!?!


Em Coina entra na carruagem Pedro Matias, António Tavares e Rui Cabrita que já vinham a fazer o aquecimento do Barreiro.

Então e o nosso Treinador (Bernardino)? Segundo rezam as “más-línguas” tinha deixado dormir e por isso o percurso até Quinta do Anjo foi a espera do nosso mister. Devido ao elevado número de elementos, o percurso foi feito a bom ritmo e com vários elementos a passar pela frente do pelotão impor um ritmo vivo ao mesmo.


Na passagem pela bela cidade se Setúbal, Tavares tenta oferecer bolachas ao grupo, mas ofereceu a si uma queda e uns toques na “pintura”… foi levantar e seguir a marcha, que foi curta, a máquina não ficou a 100% e quebrou-se o “drop out”, foi necessário Carro de Apoio.

Seguimos em direcção ao alto da Serra da Arrábida e de desfrutar das sempre magnificas e variadas vistas que disponibiliza, depois de uma subida com alguma intensidade em que 1º Bernardino, 2º Convidado, 3º Morais, daí não haver fotografias a marcar a subida.

Depois da sempre apetecível e adrenalinica descida fizemos uma paragem para nos refrescarmos, de várias formas,  no fontanário em Azeitão. 
Antes de ir para casa, 4 resistentes, os do costume , ainda fizemos uma breve visita aos amigos da Byke Mania e depois uma paragem na tasca “Tosca” para brindarmos à "AMIZADE" e ao "LONGO CURSO".

 

Matias e Cabrita em solidariedade Barreirense ficavam com Tavares até à chegada do apoio. O resto do pelotão fez a subida à serra, e este duo apenas subiu as necessidades.



O passeio concluiu-se com 126km, acumulado de 1000m e média de 27km/h

EQUIPA
Bernardino Adão
Rui Cabrita
Silvério Correia
Luís Durão
José Félix Oliveira
Pedro Matias
Luís Morais
António Tavares

CONVIDADOS
Cristina Costa
Wilson Costa
Mário Fernandes
Tierri Pereira

10290630_848989468472240_5214025861656310439_n.jpg

10425159_848989451805575_1088864871553804886_n.jpg

11141200_848989478472239_3379763248691528109_n.jpg

11540989_848989671805553_3167034525915368778_n.jpg

FILE0881.JPG

FILE0883.JPG

FILE0886.JPG

FILE0893.JPG

FILE0895.JPG

FILE0897.JPG

FILE0900.JPG

FILE0902.JPG

FILE0908.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

10 . JUN . 2015

11.06.15

LISBOA / VILA FRANCA / OTA / CALDAS DA RAINHA / NAZARÉ / BATALHA / FATIMA / ENTRONCAMENTO

dia 10.jpg

Dia de Portugal, e mais uma oportunidade do Longo Curso sair à rua.

Desta vez, passeio feito em Homenagem ao grande amigo Silvério Correia. 
Às 7:30, Durão, Silvério, Bernardino, Valera e André partem da estação Roma-Areeiro em direcção à zona da Expo, onde encontram Matias. Equipa completa, e como é habitual, aumento de ritmo a partir desta zona.
Passados 30km, na chegada a Vila Franca de Xira, Matias e Valera despedem-se do grupo e seguem para casa. Fizeram uma curta aparição para deixar a sua homenagem ao amigo "Serrano".
O grupo ficava assim reduzido a 4 elementos. Mas, não foi por isso que o ritmo diminui. Bernardino, Durão e André foram rodando na frente do grupo, mantendo uma velocidade constante, o que permitiu recuperar os mais de 15 minutos perdidos nas despedidas em Vila Franca de Xira. É de referir que Bernardino fez um excelente trabalho na frente do grupo, levando na sua roda os 3 elementos durante longos períodos. O homem está em grande forma.
Já o nosso amigo homenageado, habituado às andanças do TGV,  manteve-se sempre na cauda do grupo, referindo que o ritmo era muito elevado, dizendo mesmo no final, que foi uma das voltas mais duras que já fez. No entanto, assim que aparecia uma subida e a velocidade diminuía, assumia a frente do grupo. 
Continuando, na passagem pelas Caldas da Rainha, paragem na Pastelaria Machado. Silvério toma o habitual abatanado, que já há muito reclamava, enquanto outros comem as iguarias da casa, que são uma maravilha.
Arranque em direcção à Nazaré - Martingança e chegada à Batalha com média de 31,5km/h. 
Na longa subida da Batalha, Silvério vem à frente, e diz que vai aproveitar a subida para descansar. Até que o chefe de fila, sempre a pensar no bem do grupo, lhe dá uma excelente ideia: "porque não sobes umas 2 ou 3 vezes? assim descansas mais."... Mas ao que parece Silvério não ia assim tão cansado.
Às 13:20 o grupo chegava a Fátima, onde tinha à sua espera os pais de André, que levaram um belo de um almoço, tornando esta homenagem ainda mais especial.
De barriga cheia, o grupo segue para o Entroncamento, onde apanha o comboio para Lisboa. 
Depois até à estação de Roma Areeiro, ainda são uns 8km, nunca contabilizados, que o grupo faz em ritmo de passeio. Mas, Bernardino ataca e nunca mais ninguém o vê. A razão de tal ataque ninguém sabe ao certo, mas logo pensaram que seria para tentar a sua sorte a sós com a Sra Mila, mas à encantos que nunca serão esquecidos. 
E, é então que na chegada à Pastelaria Sílvia todos brindam a mais um belo passeio e ao grande grupo que é o Longo Curso. 
 
O passeio concluiu-se com 198km, acumulado de 1887m e média de 30,4km/h
 
EQUIPA
Bernardino Adão
Silvério Correia
Luís Durão
André Fernandes
Pedro Matias
Jorge Valera 
 

15570001.JPG

15570003.JPG

16450011.JPG

16460017.JPG

20110031.JPG

20110033.JPG

20130039.JPG

20150043.JPG

20520046.JPG

21140051.JPG

40000000000.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

7 . JUN . 2015

07.06.15

LISBOA / SACAVEM / SANTAREM / TOMAR / FERREIRA do ZEZERE / BELA VISTA / TOMAR

DIA 7.jpg

Dia da Grande Homenagem.

Como escreveu o nosso chefe de fila, "chegou o dia de homenagear quem todos os fins de semana chama por nós e sempre nos acompanha, fazendo com que façamos o melhor que conseguimos". 
É dia de homenagem ao grande Grupo LONGO CURSO, que foi brindado com o passeio REI do convívio e pura amizade.
Apenas 6 bravos se prontificaram a prestar a devida homenagem, este passeio merecia bem mais.
A hora da partida foi um pouco mais cedo que o habitual. Ás 7h, Durão, Morais, Paulo, Bernardino e André partiam da estação Roma-Areiro, em direcção à zona da Expo, onde aguardava Tavares.
Aqui, com o grupo completo iniciam esta grande jornada. Desde cedo, o grupo muito bem organizado, em que todos os elementos iam passando pela frente, estabelecendo um tempo recorde até Vila Franca de Xira. Velocidade média deste troço de 36,4km/h. 
Na chegada a Santarém, breve paragem para para abastecer água, e descida em direcção à ponte D. Luís para a primeira travessia do Tejo. Na passagem pela Chamusca, nova paragem para encher os bidons e nova travessia do Tejo pela ponte João Joaquim Isidoro dos Reis.
Aproximação a Tomar feita a grande velocidade, com Durão a impor um ritmo fortíssimo na frente. 
Já em Tomar, paragem nos Bombeiros, novamente para encher água fresca para a subida que se avizinhava. 
Ninguém sabe como o chefe de fila faz estas contas, mas o que é certo, é que à hora prevista, 12:45 em ponto, o Grupo chegava à Casa dos Leitões em Bela Vista, para o almoço de convívio.
Como sempre, almoço bem animado, com brinde aos presentes e até mesmo aos ausentes, no Longo Curso ninguém fica esquecido.
Fim de almoço, era tempo de regressar a Tomar para apanhar o comboio. Apesar dos 160km já percorridos ainda havia forças para umas brincadeiras, e Durão inicia uma fuga. Apenas André segue com ele fazendo um verdadeiro contra relógio até Tomar.
Estava prevista uma paragem na "Velha" para mais um brinde, mas esta encontrava-se novamente de portas fechadas, o que obrigou a brindar na casa ao lado. Casa esta que não traz boas recordações, mas desta vez, ninguém comeu sandes de carne assada.
O grupo seguiu de comboio para Lisboa. Viagem muito animada, que faz esquecer o cansaço acumulado.
Chegada a Lisboa, onde nos esperava um tornado. Mas a viagem não era longa. Apenas alguns Km e estávamos na Pastelaria Sílvia, onde novamente não estava presente o Sr. Luís, mas estava a já nossa amiga Sra Mila sempre pronta a brindar com os Longo Curso.
 
O passeio concluí-se com 177km, acumulado de 1.180m e velocidade média de 31km/h.
 
EQUIPA
Bernardino Adão
Luís Durão
André Fernandes
Luís Morais
Paulo Silva 
António Tavares

16540001.JPG

17020007.JPG

17020008.JPG

17020009.JPG

17020013.JPG

17030016.JPG

17030020.JPG

17030022.JPG

17040025.JPG

 

18060039.JPG

20050040.JPG

20080042.JPG

20190044.JPG

21550046.JPG

21590047.JPG

21590049.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 . JUN . 2015

07.06.15

CORROIOS / AZEITÃO / PALMELA / MOITA / RIO FRIO / ALGERUZ / LAU / PALMELA / AZEITÃO / COINA / CORROIOS

dia6.png

E hoje foi Dia de mais um Homenagem, desta vez a Paulo Silva, mais conhecido pelo Franciú da Quinta do Conde… Allez, Allez. Mas o homem não apareceu à sua homenagem, reza a lenda que estava a descansar para a grande homenagem do dia seguinte.

Esta podia ser a Volta de homenagem ao Franciú, mas foi a volta do engano… já vão perceber o porque.

Às 8h Luís Durão e Rui Amaro partem de Corroios, e trazem consigo alguns convidados. Na passagem pelo Casal do Marco, entram na locomotiva que já vinha bem oleada, Pedro Matias, Rui Cabrita, Bernardino Adão, Luís Morais e mais convidados. Ficou formada uma equipa a rodar as 10 unidades.

Pedro Matias que ficava de “folga” no dia seguinte, tinha que “dar o peito as balas” como tinha prometido e até Azeitão, foi um mouro de trabalho na frente do pelotão. O ritmo até Palmela foi forte devido ao trabalho de vários elementos do pelotão.

A descida até a Moita foi feita no ritmo louco, ritmo esse que durante toda a etapa levou a perguntar se iam tomar o 2º pequeno almoço a casa. Por isso o nosso Chefe-de-Fila no Rio Frio fez um Zig a volta em fez de um Zag e enganou o pelotão…Agora estávamos todos “perdidos”.

A partir daí foi uma aventura, quando todos viramos à esquerda, o nosso chefe virava à direita. Será que tínhamos lido bem o email? Ou o chefe estava a reinar connosco!?! 

Ao que o nosso chefe respondeu: “para a próxima leiam o email!!!”

Mas não havia email que safasse, estávamos a ser enganados no nosso percurso, devido à brutalidade de andamento que estávamos a ter. A subida para Palmela faz-se também a bom ritmo, com direito a pausa na Fonte para abastecimento uma vez que o calor já apertava.

O resto do percurso a partir do Palmela, foi feito a um ritmo calmo e sempre unidos como uma verdadeira EQUIPA, com o objectivo de chegar a tão desejada Mini ou Média (que ela foi alta). Desta vez a paragem foi em Coina.

O Passeio concluiu-se com 130km, acumulado de 740m e média de 30km/h.

EQUIPA
Bernardino Adão
Rui Amaro
Rui Cabrita
Luís Durão

FILE0880.JPG

FILE0885.JPG

FILE0886.JPG

FILE0888.JPG

FILE0891.JPG

FILE0898.JPG

FILE0915.JPG

FILE0916.JPG

FILE0918.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog